segunda-feira, 6 de junho de 2011

Harmonizando peixe com molho de maracujá


Neste sábado, nosso programa foi diferente - Maiuli e Ricardo jantaram com a gente, em casa. O que há de realmente diferente é que, desta vez, os convidados é que foram pra cozinha ...

Pois é, o Ricardo e a Maiuli é que se encarregaram dos pratos, já que eles são ótimos nisso. A nós, Tereza e eu, coube a árdua decisão sobre os vinhos que iríamos beber - quanta responsabilidade !

Apesar do frio da noite paulistana, decidimos embarcar nos vinhos brancos, já que o jantar seria composto de coisas do mar - e não nos arrependemos nem um pouquinho ...

Começamos com uma maravilhosa porção de lulinhas fritas, crocantes e saborosas. Para beber, escolhemos um Riesling Leon Beyer 2007, um bom branco francês, da Alsácia. A cor desse vinho é mais intensa do que a gente está acostumado nos brancos, puxando para um amarelo com reflexos dourados. Os aromas lembravam pêssegos e lichias. Na boca, o toque mineral típico da uva riesling combinava muito bem com as lulas bem temperadinhas. Harmonização aprovadíssima !


Partimos depois para o prato principal : filés de merluza empanados, regados por um generoso molho de maracujá. A escolha do vinho, desta vez, recaiu sobre um Angelica Zapata Chardonnay 2007, um argentino de Mendoza. Somos fãs desse vinho, e ele novamente não nos desapontou. Apesar de passar 14 meses em barricas de carvalho, o vinho não tem aquele peso habitual dos chardonnay do Novo Mundo. Um vinho gostoso e equilibrado, com ótima acidez, com a untuosidade típica da chardonnay. O toque frutado do vinho combinou muito bem com o molho de maracujá, e conseguimos nossa segunda bela harmonização da noite.

E fomos dormir felizes para sempre ...

Nenhum comentário: