sexta-feira, 1 de junho de 2012

Mais um belo vinho da Sardenha

Dias atrás, publiquei aqui no blog um post falando do vinho Is Solinas Isola dei Nuraghi, um vinho produzido na Sardenha que nós gostamos bastante. Se você não leu, leia esse post clicando aqui.

Comentando o post, meu amigo Mario Trano, do delicioso blog MondoVinho, informou-me que o produtor Argiolas é muito bom e muito tradicional - e isso bastou para me deixar com cócegas, louco para provar um outro vinho produzido por eles que comprei recentemente.

Como não sou lá muito adepto de resistir às tentações, decidi abrir a tal garrafinha o mais rápido possível.

Tereza preparou para o jantar uma salada de lentilhas, acomodada em uma cestinha de queijo parmesão que ficou com uma aparência primorosa. Vejam a foto :


Para acompanhar, abrimos o tal vinho sardo da Argiolas, que era um Costera Cannonau di Sardegna 2008. Esse vinho é produzido com uvas típicas da região : 90 % de cannonau, com 5 % de carignano e mais 5 % da bovale da Sardenha, que também estava presente no outro vinho. A cannonau, típica da Sardenha, é a mesma uva grenache ou garnacha que é usada em muitos vinhos franceses e espanhóis.


Achamos o vinho delicioso !  Aromas fragrantes, muito intensos, de frutas negras, levemente adocicadas, temperados com especiarias como pimenta-do-reino. Na boca, um vinho encorpado e macio, com aquele sabor de "regionalidade" que nos deixa sempre apaixonados pelos vinhos italianos ...

A cestinha de parmesão da Tereza ficou simplesmente divina - e o vinho acompanhou muitíssimo bem. O equilíbrio entre o sabor salgado e forte do parmesão e a textura aveludada do vinho foi um achado completo, para nós.

Ficamos encantados com os dois vinhos da Argiolas que provamos, e vamos tratar de comprar mais umas garrafinhas - que, a propósito, podem ser compradas diretamente na importadora Vinci.

6 comentários:

MondoVinho disse...

Grande Nivaldo, obrigado pela citação.
Este vinho é um show! Adoro!
Pena que a Vinci (e a Mistral) vendam em dólares, pois alguns meses atrás estava bem mais barato.

Respondendo a sua pergunta anterior sobre "Bolso Esperto" da Europa, acho que tem uns espanhóis bem legais, mas de forma geral os italianos (é claro que sou suspeito! rsrs) são imbatíveis. Sobretudo os tops, são bem mais baratos que os tops franceses, por exemplo, tendo a mesma qualidade. E até mais baratos de tops Argentinos e Chilenos!

Evelyn disse...

Adorei o post, fiquei curiosa para provar o vinho, mas salivei mesmo com a comidinha que a Tereza preparou... Hummmmm...
Beijo
Evelyn

Nivaldo Sanches disse...

Pois é, Evelyn, a Tereza está mesmo se superando na cozinha !!

Quanto ao vinho, além de tudo ele vem com o aval do Mario Trano, do blog Mondo Vinho - sinal de qualidade, né ?

Beijos !

Evelyn disse...

É meu amigo, por isso que sou defensora das mulheres, sempre!! Quanto a indicação do vinho vir do Mario é super sinal de qualidade... Vc acredita que eu estive em um evento com ele e só depois que ele foi embora que eu me dei conta de que era o Mario Trano... Fiquei com raiva de mim mesma!!
beijo

Nivaldo Sanches disse...

Que coisa ! E esse evento era aqui em SP ou no Rio ?

Mas tenho certeza de que cedo ou tarde vamos acabar nos encontrando por aí, você e o Alexandre, o Mario, Tereza e eu ... é só questão de tempo !

Beijos

Evelyn disse...

Foi aqui em SP, no Encontro de vinhos Off do Beto Duarte...
Quero conhece-los em breve!
Beijo