sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Conversa entreouvida no metrô

A gente tem falado (e lido) muito sobre o aumento do consumo de vinho no Brasil. Se ainda estamos a anos-luz da "litragem" anual dos nossos vizinhos argentinos e chilenos, pelo menos já conseguimos romper aquele deprimente patamar de uns dez anos atrás, quando a gente consumia mais Fanta Uva sem gelo do que vinho por aqui ...

Bem, mas uma coisa é ler estatísticas e estudos sobre o tema, outra, bem diferente, é a constatação empírica do fato, no dia-a-dia - ali, na batata, como dizia a Emília do Monteiro Lobato.

Quem me contou a história foi minha querida amiga Angela - a Angela, ao lado do Fábio e da Tereza, foram os meus grandes incentivadores, dois anos atrás, para começar a escrever este blog.

Estava a Angela, dia desses, sentadinha no metrô, indo pro trabalho. Ao seu lado, em pé, dois PMs (sim, dois policiais) conversavam animadamente. Lá pelas tantas, um dos PMs vira pro outro e comenta, despretensiosamente : "  Não achei muito bom aquele Malbec Gran Reserva de ontem, não ... "

Sabe-se lá por qual razão, diz a Angela que imediatamente se lembrou deste humilde blogueiro, e me  ligou pra contar a historinha ...

Bacana, né ? A gente, por preconceito ou por força do hábito, imagina que em pleno metrô, a conversa de dois PMs sobre bebidas vai girar ao redor de uma cervejinha, de uma caipirinha - e, de repente, nos salta à face um "Malbec Gran Reserva" ...

Pra mostrar duas coisas : 1 - o consumo de vinho realmente está se espalhando no país e 2 - preconceito não serve pra nada, mesmo.

A propósito, já que falei da Angela - ela vai correr, neste próximo domingo, dia 30 de setembro, a Maratona de Berlim, que vai acontecer às 9 horas da manhã (horário deles), às 4 da matina no nosso horário. Vou estar torcendo por aqui, é óbvio !

Saúde !

4 comentários:

CARLOS ARUDA disse...

OI NIVALDO,
IREI SUGERIR VINHOS EXCELENTES, ALGUNS PREMIADOS, COMO O ESPANHOL ALMADOR CABERNET SAUVIGNON E O ALMADOR SAVIGNON BLANC (AROMAS DE GOIABA MADURA, ROSAS BRANCAS). ONTEM HARMONIZADOS O ALMADOR CABERNET COM CHURRASCO E LOGO APÓS NO BATE-PAPO O ALMADOR SAUVIGNON BLANC OM QUEIJO BRIE. DIVINO E COM EXCELENTE CUSTO-BENEFÍCIO. VALE À PENA EXPERIMENTAR E SE APAIXONAR.

Nivaldo Sanches disse...

Olá, Carlos, obrigado pela sugestão !

Confesso que não conheço esse vinhos Almador - vi, na Internet, que são vinhos espanhóis e que parecem estar chegando agora ao mercado brasileiro.

Vou provar em breve, com certeza !

Abraços

Anônimo disse...

Fala, meu mestre em vinhos e eterno diretor, Nivaldo.

Basedo no post cito mais uma vez os Titãs (que até a presidenta Dilma tem citado):
"A gente não quer só comida, a gente bebida, diversão, balé. A gente não quer só comida, a gente quer a vida como a vida quer".

Como aos poucos, o brasileiro vai saindo da situação de só querer pasto e água, acaba sendo bem normal que as pessoas, mesmo as que a gente consideram mais simples, refinem o seu gosto. E como o vinho é moda atualmente no Brasil, isto atinge vários níveis da nossa sociedade. Bom pra nós, principalmente se o governo parar com esta bobagem de taxar mais e mais os vinhos importados.

Abração,

Sandro

P.S. - acho que vou arriscar e votar no teu candidato a vereador.

Nivaldo Sanches disse...

Falou tudo, Sandro ! Concordo e assino embaixo de cada linha !

Como bebedor de vinhos, fico feliz de ver o hábito se espraiando pelo conjunto da sociedade. A expansão econômica e a política de desconcentração da renda levou um número crescente de pessoas a esses novos hábitos (viajar, frequentar restaurantes, beber vinho) que antes eram privilégios reservados para poucos ... Bacana, né ?

Quanto ao meu candidato, é o Gilberto Maringoni, número 50 5 50, e acho que você não vai se arrepender !!

Abraços