sexta-feira, 18 de março de 2011

Crônicas de Mendoza - Parte 3 - Terrazas de Los Andes


Sigo comentando as vinícolas que visitamos durante nossa visita a Mendoza.

Dia de almoço com harmonização na Terrazas de Los Andes. São vinhos bem conhecidos e populares no mercado brasileiro, e tínhamos recebido a informação de que a vinícola era muito bonita e a visita muito agradável - e  foi mesmo, podem acreditar !

O local é realmente lindo, tanto na área externa - toda gramada e cheia de redes, espreguiçadeiras e cadeiras confortáveis - como na área interna, onde fizemos nosso almoço. A harmonização acontece de verdade : para cada prato provado, o maître informa na mesa as características do vinho que está sendo servido, e a razão pela qual ele harmoniza com aquele prato específico. Um serviço de alta qualidade, muito simpático e gentil.


Começamos com um espumante rosé que, se não estava fantástico, pelo menos estava refrescante - e bonito, como se vê na foto aí abaixo.



Depois, um belo Terrazas de Los Andes Torrontés Reserva 2010 - aliás, esta uva branca que los hermanitos vem explorando com bastante sucesso merece um post à parte, que eu vou fazer mais tarde. O Terrazas Reserva é um vinho aromático, perfumado. Seu aroma induz a gente a acreditar que vamos tomar um vinho doce - e na boca, ele é surprendentemente ácido, seco, e muito saboroso.

Em seguida, um grande vinho : o tinto Cheval des Andes 2006. Este vinho é produto de um trabalho conjunto da Terrazas com a Cheval Blanc, a grande vinícola francesa de Bordeaux. Aliás, o vinho é feito na tradição bordalesa, com um blend de uvas cabernet sauvignon, malbec e petit verdot.


Finalizamos esparramados pela bela área verde ao redor do salão, bebericando um Afincado Tardio 2004, feito da rara uva petit manseng, originária do sudoeste da França. Um vinho de sobremesa untuoso, que enche a boca e o nariz, com aromas de frutas tropicais e de mel.




Sebastian e Guillermina curtindo o Afincado Tardio

Enfim, meus amiguinhos : um programa pra lá de recomendável, para quem estiver passeando por aquelas bandas.

Saúde !

3 comentários:

Mario Trano disse...

My friend,
Estou gostando bastante desta sua "reportagem" de Mendoza.
A Terrazas de Los Andes é um clássico e o seu malbec de entrada acabou na coluna do Bolso Esperto: http://mondovinho.blogspot.com/2010/08/o-bolso-esperto-nas-alturas-do-andes.html
Parabéns Novaldo, aguardo os próximos post.
Abraço!

Nivaldo Sanches disse...

Pois é, Mário, o Terrazas é bem conhecido por aqui; A idéia era mesmo alternar "clássicos" (Terrazas, Cobos) com outros pouco conhecidos (pelo menos, pouco conhecidos por mim, como Atamisque, Belasco de Baquedana).
Obrigado pelos elogios - você é sempre generoso, como bom italiano ! - e continue seguindo a "reportagem" !

Abraços

Mario Trano disse...

Nivaldo,
Não é generosidade: quem merece merece!
Abs!